Sugestões de Leitura

Recados da Mãe
de Maria Teresa Maia Gonzalez
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 160
Editor: PI
ISBN: 9789892700946
Coleção: Obras de Maria Teresa Maia Gonzalez
Sinopse
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para os 7º, 8º e 9º anos de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

«Pode ser que a mãe tenha pedido a esse pássaro para ir ter contigo à tua sala, para te fazer companhia...
A ideia era boa demais, mas tão apetecível que não resisti a perguntar:
- Achas que a Mãe, agora, pode falar com os pássaros, Clara?...
- Porque é que não há-de poder? Ela não está no Céu? Os pássaros não andam por lá também? Então?!
Os olhos encheram-se-me de lágrimas da mais pura alegria.»
Da cumplicidade entre duas irmãs e da sua capacidade para enfrentar a mais difícil situação das suas vidas se faz este livro escrito com a mestria e a sensbilidade a que nos habituou Maria Teresa Maia Gonzalez.
Recados da Mãe de Maria Teresa Maia Gonzalez








Diário de Anne Frank - Versão Definitiva
de Anne Frank
Edição/reimpressão: 2002
Páginas: 440
Editor: Livros do Brasil
ISBN: 9789723826043
Sinopse
Todos conhecem a história profundamente dramática da jovem Anne Frank. Publicado pela primeira vez em 1947, por inicativa de seu pai, o Diário veio revelar ao mundo o que fora, durante dois longos anos, o dia-a-dia de uma adolescente condenada a uma voluntária auto-reclusão, para tentar escapar à sorte dos judeus que os alemães haviam começado a deportar para supostos «campos de trabalho».
Diário de Anne Frank - Versão Definitiva de Anne Frank


O Futuro em Anos-Luz
100 Anos. 100 Poetas. 100 Poemas
de valter hugo mãe
Edição/reimpressão: 2001
Páginas: 208
Editor: Quasi Edições
ISBN: 9789728632595
Coleção: Finita Melancolia
Sinopse
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado no programa de português do 8º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada na sala de aula - Grau de Dificuldade III.

A produção de antologias pode constituir uma boa oportunidade para nos obrigarmos, leitores, a procurar autores que de outra maneira não íamos conhecer, ou porque andam perdidos em catálogos de títulos esgotados - ou porque, simplesmente, ainda não os descobrimos. valter hugo mãe acaba de publicar O Futuro em Anos Luz [ 100 anos. 100 poetas. 100 poemas], com o apoio da Porto 2001, onde reúne textos em que a palavra «futuro» (e a sua mancha, a sua alegria) é central e dominante, uma espécie de recurso ao motor do poema, como um mote para a vida inteira. O resultado é francamente curioso e útil para «compreender a nossa identidade poética». Valter Hugo Mãe escreve na sua introdução que a poesia é «a máquina perfeita» para alcançar o futuro. Tem toda a razão. Como escreveu Herberto Helder num poema («II», do livro Poemacto) que não autorizou que fosse reproduzido neste livro: «Porque o amor das coisas no seu/ tempo futuro/ é terrivelmente profundo, é suave, / devastador.» A poesia é diabólica. E, a propósito de futuro, é preciso dizer que cada um dos poemas reunidos fornece um mapa diferente para o dicionário.







A Ilha Encantada
Versão para jovens de: A Tempestade de William Shakespeare
de Hélia Correia
Edição/reimpressão: 2008
Editor: Relógio D` Água
ISBN: 978989641023

Sem comentários:

Enviar um comentário